Associação Musical de Évora
Historial
Escola de Música da Sé de Évora
Coro Polifónico
Formação
Programação
Arquivo
Conservatório Regional de Évora
Historial
Educação/Ensino
Cursos
Projeto Educativo
Regulamento Interno
Informações
Horários
Professores
Programação
Notas Musicais
Arquivo
Destaques
Fev, 25, 16h30 - Concerto pela Orquestra Geração, Teatro Garcia de Resende. A NÃO PERDER! Imprimir e-mail

CONCERTO ORQUESTRA GERAÇÃO

 olivetti-gimenez2_orquestra_gerao.jpg
 Jovem Maestro venezuelano José Jesus Olivetti

A Associação Eborae Mvsica, com o apoio da Câmara Municipal de Évora, promove o Concerto pela Orquestra Geração sob a direção de José Jesus Olivetti, no dia 25 de fevereiro, domingo, às 16h30, no Teatro Garcia de Resende.

Programa: Abertura de Guilherme Tell – Rossini; Water Music – excerto – Häendel; Toreadors – suite Carmen – Bizet; Andante Festivo – Sibelius; Amazing Grace – solista Juvania Gomes; Feeling Good – solista Juvania Gomes; Dança Húngara nº 5 de Brahms; 1º e 4º andamentos da Sinfonia do Novo Mundo – Dvorak.

O projeto ORQUESTRA GERAÇÃO, projeto de intervenção social operado através da música, aplica em Portugal a metodologia do El Sistema da Venezuela (criado há 43 anos pelo maestro José António Abreu – prémio príncipe das Astúrias e Erasmus) e comemora este ano os seus 10 anos de existência. A funcionar em 20 escolas básicas da região de Lisboa e Coimbra movimenta cerca de 80 professores e cerca de 1170 crianças dos 6 aos 18 anos. O seu objetivo é combater o abandono escolar, ocupar os tempos livres em zonas onde o crime e consumo de droga são atividade comum, fortalecer  a auto estima dos alunos e em muitíssimos casos melhorar os rendimentos escolares. As suas atividades têm vindo a ser monitorizadas por entidades independentes (Instituto de Geografia e Ordenamento do Território) que vêm comprovando a efetividade da metodologia. Premiado em 2010 pelo Ministério da Educação com o Prémio Nacional de Professores – inovação, em 2013 e 2014  ficou entre os 50 melhores projetos de intervenção social em toda a União Europeia. A orquestra que se apresenta é a orquestra Pré-Juvenil e com ela cantará a jovem violinista tornada cantora Juvania Gomes, dirigidos pelo jovem maestro venezuelano Olivetti Gimenez.
JOSÉ JESUS OLIVETTI - Iniciou estudos musicais aos 8 anos de idade, como violinista, nas Orquestras Doraliza de Medina e Orquestra de Cordas Amadeus, ambas integradas no El Sistema, no seu país natal, a Venezuela. Depois de terminar a sua formação, frequentou inúmeras masterclasses de violino e posteriormente de Direção de Orquestra, com nomes como Gustavo Dudamel, José Antonio Abreu (fundador do El Sistema), Mario Benzecry, Jorma Panula e Simion Byschof. Em 2010, foi convidado para fazer masterclasses com os maestros Simon Rattle, Pinchas Zukerman e Daniel Barenboim, dirigindo a Orquestra Sinfónica Simón Bolívar. Trabalha regularmente com as diversas orquestras do El Sistema na Venezuela, tendo dirigido várias outras formações internacionais. Com apenas 25 anos, foi convidado pela Ópera do Estado de Burgas, na Bulgária, para dirigir uma produção de Don Giovanni de Mozart, posteriormente apresentada em festivais na Áustria e Itália. Reside atualmente em Munique onde termina a sua formação em direção de orquestra com grandes  mestres como, entre outros, Simion Bischoff.

Ler mais...
 
Fev, 25, 16h30 - Concerto pela Orquestra Geração no Teatro Garcia de Resende. A NÃO PERDER! Imprimir e-mail

Fevereiro, dia 25, às 16h30 - Concerto pela Orquestra Geração no Teatro Garcia de Resende. Direcção do jovem Maestro venezuelano José Jesus Olivetti.

orquestra_gerao-.jpg











O desenvolvimento do projeto da Orquestra Geração assentou em dois vetores fundamentais - a formação de formadores aptos a aplicar a metodologia venezuelana do El S
istema e o encontrar parceiros financeiros que garantissem a continuidade do projeto.

Tendo as orquestras Geração a sua origem no projeto Geração do bairro da Boba na Amadora, foram inicialmente financiadas pelo programa EQUAL, pela Câmara da Amadora e pela Fundação Gulbenkian, cabendo ao Conservatório Nacional a responsabilidade pedagógica e administrativa. Posteriormente outras entidades privadas foram-se associando, tais como a fundação EDP, que patrocinou parte da aquisição dos instrumentos para o núcleo da Boba. Findo o período de intervenção do EQUAL foram a Câmara da Amadora e fundações Gulbenkian e EDP os apoiantes do primeiro núcleo, nomeadamente na Escola Miguel Torga. Como anteriormente referido, o POR Lisboa veio enquadrar os outros núcleos entretanto formados, à exceção das três escolas de Trás-os-Montes, patrocinadas na totalidade pela Fundação EDP. A Fundação PT, em conjunto com o Município de Loures e o Ministério da Administração Interna, desde 2009/2010, apoia as escolas de Sacavém e Camarate no âmbito do Contrato Local de Segurança; os bancos Barclays e BN Paris Paribas em 2012/2013 apoiaram projetos específicos transversais a todas as escolas do projeto e ainda a TAP. De salientar o fato de, desde o ano letivo de 2009/2010, o Ministério da Educação assegurar a contratação de todos os professores da zona metropolitana de Lisboa e de Coimbra, englobando um número aproximado de 80 docentes.

O projeto tem o objetivo de ir alargando a sua intervenção a mais escolas básicas e constituir mesmo centros de recepção  das crianças e adolescentes para seguirem a nossa metodologia. Participar mais em actividades ligadas ao Sistema Europa (de que somos membros da direção) quer para alunos quer para professores e divulgar o projeto como ideal para a implementação em Países onde a percentagem de população jovem é muito grande, nomeadamente junto dos PALOPS.

Ler mais...
 
XX Jornadas Internacionais decorreram com grande êxito Imprimir e-mail

XX JORNADAS INTERNACIONAIS “ Escola de Música da Sé de Évora” 

foto_concerto_encerramento.jpg


Decorreram as XX Jornadas Internacionais “Escola de Música da Sé de Évora” promovidas pela Associação
Eborae Mvsica de 5 a 8 de Outubro. O programa integrou conferências por Owen Rees, e Filipe Mesquita, Luis Henriques e Ana Faleiro, Workshop de Charamelas, orientado por João Mateus, e concertos na Sé de Évora: dia 5 de Outubro, às 19h00, pelo Grupo Vocal Olisipo, direção de Armando Possante; dia 7, às 19h00, pelo “Cappella Pratensis”, direção de Stratton Bull , que se deslocou da Bélgica e no dia 8 às 17h00, o Concerto de Encerramento pelo Coro dos Participantes sob a direção de Peter Phillips,  Armando Possante e Pedro Teixeira, maestros que orientaram os ateliers das Jornadas, para além de Owen Rees, e Grupo de charamelas sob a  direção de João Mateus  e teve uma intervenção do Coro Polifónico ”Eborae Mvsica”, direção de Eduardo Martins. A realização destas Jornadas nesta data tiveram também como objetivo assinalar os 30 anos da constituição da Eborae Musica- Associação Musical de Évora e o Dia Mundial da Música.
 

No dia 5 teve lugar também uma visita à Sé de Évora  e seus Arquivos e Museu de Arte Sacra, orientada pelo Professor Jorge Raposo. O acompanhamento ao piano do trabalho dos ateliers de Coro foi realizado por Nicholas McNair.

A Sé encheu-se em todos os Concertos e o público manifestou o seu agrado com os seus aplausos. A Avaliação dos participantes e dos Maestros foi francamente positiva.

Ler mais...
 
Conservatório Regional de Évora Eborae Mvsica - Horários 2017/2018 Imprimir e-mail

Conservatório Regional de Évora Eborae Musica
Os horários podem sofrer alterações
Deverão consultar as alterações no Conservatório

Consultar 
AQUI

 

Ler mais...
 
Destaques
Próximos Eventos
Fevereiro 2018 Março 2018
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
Notícias RSS
Newletter




16522151 Visitas