Associação Musical de Évora
Historial
Escola de Música da Sé de Évora
Coro Polifónico
Formação
Programação
Arquivo
Conservatório Regional de Évora
Historial
Educação/Ensino
Cursos
Projeto Educativo
Regulamento Interno
Informações
Horários
Professores
Programação
Notas Musicais
Arquivo
Nov, 10, 18h00 - Noite Transfigurada – Quarteto Lopes - Graça. NÃO PERCA! Imprimir e-mail

Noite Transfigurada – Quarteto Lopes - Graça

XIV Ciclo de Concertos “Música do Inverno”

 No dia 10 de novembro pelas 18h00 terá lugar um Concerto intitulado “Noite Transfigurada” pelo Quarteto Lopes – Graça constituído por Luis Cunha e Maria José Laginha (violinos), Isabel Pimentel (violeta), Catherine Strinckx (violoncelo) e também por Leonor Braga Santos (violeta) e Varoujan Bartikian (violoncelo),  integrado no XIV Ciclo de Concertos “Música no Inverno”

 

Programa: Joly Braga- Santos (Lisboa 1924-1988) – Sexteto Sexteto de Cordas, op. 65 (1986)   , dedicado a Alberto Lysy - Molto Largo; Allegro bem Marcatto ma non troppo, Andante/Allegro     e  Schoenberg,  Arnold      -     Verklärte Nacht”, op. 4.

Vencedor do Prémio Autores/RTP 2010, na categoria Melhor Trabalho de Música Erudita, com o CD – “Música Portuguesa para um Quarteto”.

O Quarteto Lopes-Graça, constituído por músicos com notáveis carreiras solísticas e camerísticas, professores da Escola de Música do Conservatório Nacional (Lisboa), formou-se em 2005 com o objetivo de dotar o Conservatório, à imagem de muitos dos seus congéneres no mundo, de um grupo de referência na área das cordas, com condições para desenvolver um trabalho permanente com output aos níveis da formação especializada em música de câmara (master-classes de quarteto) e da promoção da escola, no país e estrangeiro.

Desde então, o QL-G soube afirmar-se como agrupamento de referência na sua área, tendo atuado nas mais

importantes salas e eventos musicais do país - Festa da Música e Dias da Música do Centro Cultural de Belém – edições de 2005, 2006, 2008, 2009 e 2011, Casa da Música / Porto, Grande Auditório da Culturgeste, Teatro de São Luíz, Teatro da Trindade, Teatro D. Maria II (17 de Dezembro de 2006 – centenário do aniversário de Fernando Lopes–Graça), temporada Em Busca de um Salão Perdido (Salão Nobre do Conservatório), Festival de Música de Paços de Brandão, Centro de Artes de Belgais, Encontros de Música do Alentejo 2009, por várias ocasiões nas temporadas do Eborae Musica, em Évora, no primeiro aniversário do Centro Artístico de Braço de Prata, em Lagos (Al-Cultur 2009), Santarém (Inauguração da Biblioteca do Ginásio), Almada (Capuchos e Auditório L. Graça), Cascais (Museu da Música Portuguesa), Funchal (Teatro Baltazar Dias), Marvão, Castelo de Vide, Caldas da Rainha, Caminha, Pombal, Viana do Castelo e em muitos outros projetos e espaços culturais.Contemplado, por diversas ocasiões, com apoios do Ministério da Cultura, realizou concertos em vários pontos do país, nomeadamente no âmbito do recente Festival CRIASONS 2010 / 11, um evento dedicado à composição portuguesa contemporânea. É aliás este desígnio – a divulgação da nova música portuguesa – que tem inspirado a ação do QL-G nos anos mais recentes, realizando com frequência primeiras audições de obras que lhe são dedicadas por compositores nacionais. Deslocou-se a Andorra, em 2010, com um programa vocacionado para a divulgação da cultura portuguesa naquele Principado. Em 2013 realizou uma digressão de um mês ao Brasil, no âmbito do evento Portugal no Brasil, com concertos em Curitiba, Brasília e Sorocaba. Em Novembro de 2014 participou, com três concertos, no XII Festival Internacional de Música Contemporânea de Lima, Peru. Terminou, recentemente, uma digressão à Argentina, tendo actuado nas mais prestigiadas salas da capital (Teatro Colón e Usina del Arte) e realizado uma Master-Class no Instituto Superior de Arte do Teatro Colón. Editou em Maio de 2009 o seu primeiro projecto discográfico – um CD com obras de Fernando Lopes-Graça e António Victorino d’Almeida (obra dedicada) [Numérica 1182 | 2009]. Um novo álbum, editado em 2011 (em conjunto com o Opus Ensemble e o Duo Contracello) fez o registo das obras estreadas no Festival CRIASONS[Numérica 1218 | 2011]. Acaba de editar dois CDs com a obra integral de Fernando Lopes-Graça para Quarteto e Piano, com Olga Prats [Toccata Classics 0253 | 2014 e 0254 | 2015].

 

O ciclo prossegue com o seguinte concerto:  no dia 17 pelas 18h00 apresenta-se o Coro Ricercare e a Sinfonietta de Lisboa sendo Maestro do Coro o Maestro Pedro Teixeira e da Orquestra e Concerto Vasco Pearce de Azevedo.

Este Ciclo é organizado pela Associação Eborae Mvsica entidade financiada pelo Ministério da Cultura-Direção Geral das Artes e tem o apoio da Câmara Municipal de Évora, e dos órgãos de comunicação social para a realização deste Ciclo de Concertos.

 
Destaques
Próximos Eventos
Novembro 2018 Dezembro 2018
Se Te Qu Qu Se Do
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30
Notícias RSS
Newletter




18315510 Visitas